Tireoide e Gestação: Principais Dúvidas

Tireoide e Gestação: Principais Dúvidas

Durante a gestação, a glândula da tireoide materna é mais exigida.

O mau funcionamento pode gerar problemas de saúde tanto para a mãe, quanto para o bebê, por isso a avaliação de um endocrinologista é essencial.

🤰🏻 Na gestante, disfunção tireoidiana colabora para o aumento de sangramentos, abortos prematuros e hipertensão. ⠀

Já o bebê, corre risco de problemas mentais, déficit cognitivo e aparecimento de bócio.⠀

👩‍⚕‍ Mas Doutora, o que devo fazer primeiro? Bem, o primeiro exame verificado é o hormônio TSH. É ele que vai avaliar qual o risco da gestante evoluir para uma disfunção tireoidiana ou diagnosticar um problema que ela já possa ter.⠀

Uma vez que a gestante seja diagnosticada com alguma disfunção na tireoide, o tratamento deve ser iniciado imediatamente. É importante ressaltar que o hormônio tireoidiano não faz nenhum mal ao bebê. Por isso, mesmo após o parto, se houver necessidade de continuar o tratamento, a mãe inclusive pode amamentar, sem problemas.⠀

👶🏻 Em alguns casos, os níveis de hormônios tireoidianos voltam ao normal após a gravidez. Mas o sinal de alerta deve permanecer. Avaliações constantes precisam ser feitas, pois há risco de novos problemas na glândula. ⠀

Compartilhe este conteúdo com suas amigas grávidas. Elas vão querer saber mais sobre tireoide e gestação 🙌. ⠀