Radioablação Para Nódulo de Tireoide é Sempre uma Opção?

Radioablação Para Nódulo de Tireoide é Sempre uma Opção?

A Ablação por Radiofrequência (RFA) de nódulos de tireoide é um tratamento relativamente novo…

A Ablação por Radiofrequência (RFA) de nódulos de tireoide é um tratamento relativamente novo no Brasil e pode ser considerada uma alternativa de tratamento eficaz para nódulos BENIGNOS de tireoide (císticos e não-císticos).

É também excelente opção de tratamento para nódulos benignos grandes que causam desconforto aos pacientes levando ao aparecimento de sintomas compressivos ou mesmo causando incômodo do ponto de vista estético.

A RFA também pode ser indicada para o tratamento dos nódulos autônomos que produzem hormônios tireoidianos em excesso causando o hipertireoidismo.

O procedimento é relativamente simples e pode, inclusive, ser realizado com anestesia local. É guiado por ultrassom e realizado através da inserção de um eletrodo no interior do nódulo.

O eletrodo aquece o nódulo causando uma lesão tecidual. Após o procedimento, o nódulo vai reduzindo de volume ao longo dos meses subsequentes sem atrapalhar a função do restante da glândula. Assim é possível que a glândula tireoidiana se mantenha funcionando normalmente após o tratamento.

Entretanto, vale lembrar que nem todo nódulo é elegível para este procedimento e portanto é necessário que, anteriormente a indicação, se faça uma avaliação cuidadosa do mesmo.