Dra. Rosália Padovani

Atua nas áreas de obesidade, dislipidemia e síndrome metabólica, distúrbios endocrinológicos da gestação e demais patologias endocrinológicas.

Dia Nacional de Combate ao Diabetes

Dia Nacional de Combate ao Diabetes

Você sabia que cerca de 7,7 milhões de brasileiros adultos têm diabetes e não sabem…

E que este número simplesmente equivale a 46% das 16,7 milhões de pessoas entre 20 e 79 anos que têm a doença?

👉Sim e é este um dos motivos que nos faz ter tanta preocupação com esta doença que, na imensa maioria das vezes, é extremamente silenciosa!

👉E você? Sabe se tem diabetes? Quer saber como o diagnóstico pode ser feito?

👉A glicemia em jejum é um dos exames indicados. O exame é recomendado anualmente para todas as pessoas com mais de 45 anos, porém pode ser realizado em pessoas de qualquer faixa etária e em curtos períodos, caso haja risco de diabetes ou a doença em si.

– O resultado é considerado normal quando está abaixo ou igual 99 mg/dl na dosagem feita após um jejum de oito horas.

– Quando o resultado varia de 100 a 125 mg/dl, significa que a glicemia está alterada e pode sugerir um pré-diabetes. O pré-diabetes não é uma doença, e sim um estado que indica o risco potencial de diabetes. A partir desse diagnóstico, o paciente deve cuidar da dieta, do peso e fazer exercícios físicos para que o quadro seja revertido.

– Uma glicemia de jejum ≥ 126 mg/dL indica diabetes.

👉A hemoglobina glicada (HbA1c) também pode ser utilizada tanto no diagnóstico quanto no controle da doença (HbA1c ≥ 6,5% indica o diagnóstico de diabetes).

👉Outros exames são:
Glicemia pós-prandial de duas horas ≥ 200mg/dL no teste de tolerância à glicose ou
Glicemia ao acaso (em qualquer horário) ≥ 200mg/dL em pacientes sintomáticos (poliúria, polidipsia e perda de peso).