Cortisol, devo medir?

Cortisol, devo medir?

O cortisol é um dos exames muito solicitados na prática médica. O grande problema é que muitas vezes é pedido sem indicação

O cortisol é um dos exames muito solicitados na prática médica. O grande problema é que muitas vezes é pedido sem indicação correta e mal interpretado levando a tratamentos e solicitações de mais exames, totalmente desnecessários. Isto ocorre porque o cortisol é um hormônio que apresenta algumas peculiaridades

Para começar, os níveis de cortisol variam ao longo do dia obedecendo o chamado ritmo circadiano. À noite, apresenta valores mais baixos e se eleva no decorrer do dia. Assim, dependendo do motivo que o médico está solicitando, existe o horário mais indicado para que o paciente colete o exame. O horário da coleta pode influenciar no resultado

Além disso, o exame do cortisol pode estar aumentado em algumas situações como obesidade, anorexia nervosa, alcoolismo, síndrome dos ovários policísticos, depressão, gravidez e nestes casos, saber que ele está alto, não muda a conduta e nem o diagnóstico médico! Pelo contrário pode desviar o foco do real problema

E por fim, algumas medicações também podem causar alterações do cortisol plasmático como uso de corticoide tópico ou via oral por exemplo

Assim… é um exame que precisa ser solicitado quando há necessidade de comprovação diagnóstica e não simplesmente como rotina. Fique atento