Cuidados com a diabetes gestacional

Cuidados com a diabetes gestacional

A maior preocupação das mamães, durante a gestação, é com a saúde do bebê. Entretanto, é importante lembrar que a saúde do feto depende da saúde materna e que existem algumas doenças comuns em gestantes que, se não forem tratadas, podem atrapalhar esse sonho.

Uma delas é a diabetes gestacional. A diabetes  é uma doença caracterizada pela elevação de glicose no sangue. São vários os tipos, porém os tipos 1 e 2 são os mais conhecidos. No DM tipo 1, o pâncreas não é capaz de produzir insulina na quantidade necessária. No diabetes tipo 2, a insulina é produzida, mas não consegue se ligar de forma adequada ao seu receptor (resistência à insulina). A insulina reduz a glicemia plasmática ao permitir que as células do nosso organismo absorvam o açúcar do sangue. Assim, quando há falta ou menor ação deste hormônio, o diabetes aparece.

Durante a gestação, a placenta produz alguns hormônios que dificultam a ação da insulina levando a um aumento da glicemia plasmática. Quando este aumento é muito significativo, é chamado de diabetes gestacional.

A diabetes gestacional é um distúrbio relativamente frequente e normalmente aparece na segunda metade da gestação. É o problema metabólico mais comum das gestações e a sua prevalência é de 3% e 25%. Entretanto, muitas mulheres ainda não o conhecem.

Os sintomas causados são raros e quando acontecem são sede, aumento da micção e aumento do apetite. Como estes sintomas são comuns em praticamente todas as gestações, é difícil para o médico fazer o diagnóstico sem que exames específicos sejam solicitados.

As mulheres que já possuem algum tipo de diabetes sem estar controlada, que possuem IMC acima de 30, que já estejam com a idade avançada ou que também possuam parentes de primeiro grau com diabetes dependente de insulina são mais propensas a desenvolver este distúrbio durante a gestação.

Para as mulheres diagnosticadas com a diabetes gestacional, o primeiro passo é receber orientação de uma endocrinologista. “É importante o acompanhamento com um profissional especializado que possa orientar a paciente a como manter um controle adequado da glicemia durante toda a gestação, evitando assim que complicações ocorram tanto para a mãe como para o feto.”, enfatiza a Dra. Rosália Padovani, endocrinologista.

Cuidados são indispensáveis no pré, durante e no pós-gravidez para que a mulher consiga viver e curtir este momento tão mágico.

Fonte: https://vidasaudavel.gazetaesportiva.com/bem-estar/cuidados-com-a-diabetes-gestacional/

Conheça mais as especialidades da Dra. Rosália Padovani

senha